sábado, 29 de julho de 2017

Trebbiano Ristorante - Café da manhã

 Resenha - Dois por Um

Com o auxílio do guia Dois por Um, tive a oportunidade de conhecer muitos lugares interessantes em São Paulo. Algumas experiências foram decepcionantes, mas o Trebbiano definitivamente não foi uma delas.

Um detalhe que me levou a escolher o lugar foi o fato de que o valor do bufê de café da manhã estava impresso na própria página do cupom (R$60,00 + 10% de serviço). Pode parecer algo sem importância, mas saber o valor previamente permite um melhor planejamento do passeio. Muitos estabelecimentos não deixam os valores do cardápio públicos no próprio site, o que é muito frustrante quando se deseja conhecer um restaurante.

Cardápio
Numa manhã de sábado, me dirigi ao L’Hotel Porto Bay (Alameda Campinas) animada com a expectativa de provar o café da manhã do Trebbiano. Chegando ao hotel, percebi que era um lugar frequentado por pessoas de elevado poder aquisitivo (o que eu não sou), mas decidi levar em frente a visita de qualquer forma.

Meu amigo e eu fomos muito bem recebidos pelo porteiro do hotel, que inclusive indicou o andar do Trebbiano. Só preciso fazer uma observação de que a utilização dos elevadores do hotel não é intuitiva para quem não é hóspede. Utilizar as escadas teria sido mais efetivo.

Chegando ao restaurante, fomos muito bem recebidos pela hostess, uma moça muito simpática, que perguntou qual era nosso quarto. Explicamos que estávamos com o livrinho "Dois por um", então ela nos disse que poderíamos escolher qualquer mesa. Também explicou que funcionários serviriam café e leite, além de pães de queijo e folhados de banana. 

Frutas, chá, pão de queijo e folhado de banana
Assim que sentamos, um funcionário muito atencioso perguntou se eu desejava café. Como não bebo café, perguntei se tinha chá. Ele perguntou qual tipo eu desejava; eu perguntei quais estavam disponíveis. Ele começou então a citar alguns: "preto, camomila, erva cidreira". Então eu perguntei se tinha algum sabor com frutas; ele respondeu que tinha de frutas vermelhas. Esse foi a minha escolha, que ele prometeu trazer logo. Como meu amigo bebe café, o funcionário alternou leite e café em sua xícara.  
Nós começamos a nos servir no bufê pelas frutas. A variedade é bem grande, mas nem todas estão no melhor ponto. Eu optei por melancia, melão, mamão, laranja e kiwi.  Algum tempo depois, chegou o bule com dois saquinhos de twinings pendurados. É um chá muito saboroso, e foi legal a ideia de preparar dois saquinhos, pois pude servir uma xícara para meu amigo também.  

Algum tempo depois que havíamos começado a refeição, um outro funcionário veio conversar com a gente. Ele parecia ser o maître, devido à preocupação em apresentar o restaurante. Ele falou novamente algumas informações que a hostess já havia passado, mas acrescentou que nós poderíamos pedir qualquer item do cardápio e que "estava tudo incluso". Foi um jeito elegante de dizer que os pedidos do cardápio não têm custo extra. Também explicou que os ovos mexidos do cardápio erma preparados com tomates, diferente dos já prontos no bufê.
Ovos beneditinos
As opções do cardápio eram: tapioca, mingau, waffle e torrada francesa. O cardápio contava também com vários pratos com ovos:  mexidos, cozidos, omeletes, pochês, fritos e beneditinos, incluindo opções sem gemas. 

Meu amigo e eu optamos por provar os ovos beneditinos, que vieram numa receita um pouco diferente. Dois ovos escalfados moles sobre duas torradas com molho holandês e queijo ralado.    

É gostoso, mas eu senti falta do presunto ou bacon. Também achei o toque de vinagre do molho holandês um pouco forte; eu tenho preferência pelo suco de limão. Mas comer ovos com a gema mole é um luxo muito especial para mim, então apreciei de qualquer forma.    

Voltando ao bufê para as opções de padaria, escolhi bolo de cenoura com cobertura de chocolate, muffin de blueberry (mirtilo) e brioche de frutas cristalizadas. Estavam perfeitos. 

Meu amigo optou por uma tigela mista de cereais, mas teve um problema para encontrar o leite integral no bufê. Havia apenas leite desnatado e "leite" de soja. Conversando com a hostess, ela perguntou se eu desejava leite frio ou quente e mandou servir diretamente à mesa.

No geral, a comida é muito bem feita. Contudo, apesar de tanta opção, eu senti falta de leite sem lactose, pois também não posso ingerir bebidas a base de soja. 

O atendimento também foi perfeito. Nenhuma discriminação pela utilização do livrinho e nenhuma surpresa na hora da conta (R$66,00 para duas pessoas na promoção do livrinho). Só recomendo chegar cedo para aproveitar bem, já que, nos finais de semana, às 11hs o bufê é retirado, e a cozinha é fechada. Mas os funcionários passam pelas mesas avisando alguns minutos antes.

O ambiente também é muito agradável, mas senti falta de algum lugar para deixar minha bolsa. As cadeiras são dum modelo que não tem nenhum tipo de gancho, então não é possível pendurar no assento. Como sentamos numa mesa para dois, acabamos deixando nossas bolsas no chão mesmo.     

Notas:

Ambiente: 90%
Atendimento: 100%
Comida: 90%
Preços: 50%

Trebbiano Ristorante - L’Hotel Porto Bay

Alameda Campinas, 266 (próximo à estação de metrô Trianon-Masp)

(11) 2183-0555 

café da manhã: R$60,00 + 10% de serviço por pessoa 
6h30 - 10h00 (06h30 - 11h00 - final de semana e feriados) 


almoço: 12h00 - 15h00, (13h00 - 15h00 - final de semana) 


jantar: 19h30 - 23h00 

Estacionamento cortesia para clientes do restaurante
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eu me reservo o direito de não responder perguntas cuja resposta esteja no próprio post. Comentários imbecis e sem embasamento estão sujeitos a ridicularização. Comente por sua conta e risco. Obrigada!